Judocas do Sesi-SP conquistam três medalhas no Circuito Mundial de Judô Sub-21

Atletas que treinam em Bauru se destacaram em competição disputada na Áustria, que reuniu mais de 600 judocas de 34 países

 Por: Sesi Bauru
04/06/201909:44- atualizado às 11:51 em 02/07/2019

Cinco judocas do Sesi-SP tiveram participação de destaque em etapa do Circuito Mundial de Judô Sub-21 disputada no último final de semana, em Leibniz, na Áustria. Integrando a seleção brasileira de base e também representando o Sesi Bauru, unidade onde treinam sob os cuidados do técnico Omar Augusto Miquinioty Junior, os judocas conquistaram três medalhas na competição, sendo uma de ouro e duas de bronze.

Na competição, uma das mais importantes do calendário mundial da modalidade, com a participação de 635 atletas de elite de 34 países, Renan Torres (até 60 kg) conquistou o ouro, Michael Marcelino (até 66 kg) e Giovana Fontes (até 78 kg) foram bronze, enquanto Laislaine Rocha (até 78 kg) ficou com a quinta colocação e Guilherme Cabral (mais 100 kg) na sétima posição.

Renan integra a equipe adulta do Brasil que disputará os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, no período de 26 de julho a 11 de agosto e, além dele, Michael, Giovana, Laislane e Guilherme também têm chances de figurar no top do ranking nacional e, desta forma, disputar ainda este ano o Campeonato Pan-Americano e o Mundial Sub-21. Nas próximas semanas os judocas iniciam a preparação para as disputas do Campeonato Paulista.

O técnico Omar Augusto Miquinioty Junior considerou excelente o resultado alcançado pelos atletas em solo austríaco, em virtude do alto nível dos atletas presentes na etapa. “Essa competição é muito forte. Os principais países estavam representados e o resultado do SESI-SP foi muito bom”, ressaltou.

Ele ainda analisou o desempenho individual dos judocas. “O Renan fez lutas duríssimas e saiu vitorioso pelo diferencial técnico e vontade de vencer. O Michael também suou muito e perdeu a semifinal para um judoca japonês, mas se recuperou e garantiu o bronze. A Giovana fez competição excelente, lutou focada e beliscou uma medalha que a levou ao pódio. Na mesma categoria da Giovana, a Laislaine perdeu a primeira luta e depois subiu na repescagem e quase ganhou a medalha, ficando em 5º lugar. O Guilherme fez boa competição, porém, com somente 18 anos, precisa de mais experiência.”

 

Foto: Michel Marcelino, Renan Torres e Giovana Fontes/Divulgação

 

Leia também