Sesi Vôlei Bauru é superado pelo Itambé/Minas na semifinal da Copa Brasil

No Rio de Janeiro, equipe foi derrotada pelas mineiras por 3 a 1 e está eliminada da competição

 Por: Marcelo Ferrazoli, Sesi Bauru
08/02/202111:25- atualizado às 11:13 em 22/02/2021

O Sesi Vôlei Bauru foi superado pelo Itambé/Minas por 3 a 1 (30/28, 14/25, 25/11 e 25/22), nesta sexta-feira à noite, no Centro de Desenvolvimento do Voleibol (CDV), em Saquarema, e está eliminado da Copa Brasil de Voleibol 2021. 

Agora, o Sesi Vôlei Bauru voltará a concentrar as atenções para a Superliga Banco do Brasil 2020-2021. O time voltará à quadra pela competição no próximo dia 13 diante do Itambé/Minas, às 21h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG), em duelo válido pela sétima rodada do returno.  

Em seguida, a equipe fará dois jogos consecutivos no ginásio Panela de Pressão, em Bauru: no dia 16, enfrenta o São Paulo/Barueri, às 19h, em confronto adiado da quarta rodada do returno. Já no dia 19 é a vez de encarar o Sesc/Flamengo, às 19h, pela oitava rodada do segundo turno da competição. 

Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

O jogo 

O Sesi Vôlei Bauru iniciou o duelo com a seguinte formação: Dani Lins, Tifanny, Dobriana, Adenizia, Mara, Polina e Brenda. 

O primeiro set começa com o Minas melhor abrindo 7/3 e Rubinho para o jogo. O Sesi Vôlei Bauru reage e diminui a desvantagem para um ponto no 13/12 e o Minas pede tempo. O duelo segue bastante equilibrado e, na reta final da parcial, o Minas abre três pontos no 22/19 e Rubinho pede tempo novamente. O Sesi Vôlei Bauru corta a desvantagem para um ponto no 23/22 e é a vez do Minas parar o jogo. O Minas chega ao 24/22 em erro de ataque de Polina, mas o Sesi Vôlei Bauru empata em 24/24 em ace de Dobriana. Tifanny vira para 25/24 e Carol Gattaz faz 25/25. Macris faz 26/25 para o Minas em bola de segunda e Polina faz 26/26. Fe Isis erra saque e o Minas faz 27/26, mas Tifanny faz 27/27. O Sesi Vôlei Bauru faz 28/27 com bloqueio de Adenizia e o Minas faz 28/28. Macris faz 29/28 com ace e o Minas fecha em 30/28 com bloqueio sobre Polina. 

O segundo set começa com o SESI Vôlei Bauru forçando bastante o saque, complicando a recepção mineira e fazendo a equipe largar na frente com quatro pontos de vantagem. Mais atento no bloqueio e nos contra-ataques, o Sesi Vôlei Bauru abre cinco no 13/8 e o Minas para o jogo. No reinício, o Sesi Vôlei Bauru segue forçando o saque e, com bloqueio eficiente, amplia a vantagem para oito pontos no 16/8, quando o Minas para novamente o jogo. Dominando totalmente as ações, o Sesi Vôlei Bauru aumenta ainda mais a vantagem e fecha a parcial em 25/14. 

No terceiro set o panorama se inverteu totalmente e foi a vez do Minas controlar as ações desde o início. Se impondo no saque, bloqueio e contra-ataque, o time mineiro “sobrou” em quadra, construiu larga vantagem e, sem sustos, fechou a parcial em 25/11.

O quarto set começa bem mais equilibrado, mas com o Minas à frente. Com 11/7 contra, Rubinho pede tempo. O Sesi Vôlei Bauru reduz a desvantagem para um ponto no 13/12, mas volta a errar e o Minas se aproveita e aumenta novamente para quatro pontos no 18/14. O duelo prossegue com o Minas sustentando a vantagem e, com 22/17 contra, Rubinho para novamente o jogo. O Sesi Vôlei Bauru diminui a diferença para apenas dois pontos no 22/20 e é a vez do Minas pedir tempo. Com dois bloqueios consecutivos sobre Tifanny, o Minas faz 24/21 e fecha a parcial em 25/22 em erro de saque de Tifanny.

Leia também